quarta-feira, 25 de novembro de 2009

OLHAR O SER HUMANO E ENXERGAR A DEUS



SÉRIE DE MENSAGENS NO LIVRO DE TIAGO
TIAGO 2:1-13


Este título chamou sua atenção? Quero te dizer uma coisa: NÃO! Não estou ensinando que cada ser humano é um deus, ou que pode se tornar um. NÃO! Isso seria uma heresia e uma blasfêmia contra Deus. O que estou querendo dizer é que é POSSÍVEL, olhar uma pessoa, um ser humano qualquer, e enxergar nele a mão de Deus.

Posso enxergar Deus em todo ser humano: no assassino, na prostituta, no político, no pobre, no mendigo, no meu vizinho é bom para todos, e etc. Podemos enxergar Deus neles, não olhando para o seu exterior, mas olhando no fundo dos seus olhos, lá em sua alma, e encontrei um ser "indefeso", que precisa de Deus em sua vida, uma obra das mãos do Senhor, carente de um relacionamento com Ele.

Se olharmos cada ser humano desta forma, não faremos jamais ACEPÇÃO DE PESSOAS. É este o assunto desta mensagem. O Senhor nos ensina a não fazer acepção de pessoas.

Mas como não fazer isso, se dentro em nós há uma tendência muito grande em nos afastar de pessoas que não nos agradam, ou que não nos interessam? Pois é, esta é a nossa carne, porém a Bíblia declara em GÁLATAS 5:16 que SE NÓS ANDARMOS NO PODER DO ESPÍRITO SANTO, JAMAIS SATISFAREMOS OS DESEJOS DA NOSSA CARNE. Talvez não seja possível conviver com todos, todavia é possível desejar o BEM PARA TODOS, porque todos nós precisamos do Senhor Jesus Cristo em nossas vidas, e somos obras de Suas mãos, somos feitos à IMAGEM E SEMELHANÇA DO NOSSO DEUS.


COMO NÃO FAZER ACEPÇÃO DE PESSOAS?



NÃO DEIXARMOS ESTE CONCEITO (ACEPÇÃO DE PESSOAS) ALOJAR-SE EM NOSSOS CORAÇÕES (Tg. 2:1)
Na prática, lutamos muito contra este conceito. A nossa carne luta contra o nosso espírito. A nossa carne quer que nos afastemos daqueles que não correspondem às nossas expectativas e vontade, mas o nosso espírito quer que ouçamos a voz do Espírito Santo de Deus, e tratemos todas as pessoas da mesma maneira.



NÃO DEVEMOS DISTINGUIR AS PESSOAS BASEANDO EM NOSSOS PADRÕES HUMANOS (Tg. 2:2-7)
Nossos padrões nem sempre estão corretos. Veja, por exemplo, o padrão humano quanto ao dinheiro. Muitos, como o texto de Tiago diz, tratam melhor as pessoas que têm dinheiro, posição, que tem algo a oferecer para o nosso ego. Mas o Senhor nos ensinou a fazer o bem a TODOS, mesmo àquele que talvez jamais nos dará alguma coisa em troca.

Temos também outros padrões errados, que a Bíblia chama de "PERVERSOS PENSAMENTOS" (v.4), ou seja, FALSOS VALORES. Julgamos, condenamos ou nos afastamos de pessoas que não atendem a alguns dos nossos padrões. Por exemplo, pessoas:
1) gordas ou magras - há pessoas que não fazem amizade com gordos, não gostam de tais pessoas simplesmente pelo fato delas serem gordas.
2) branco ou negro - até hoje enfrentamos o preconceito contra os negros, que são pessoas tão normais quanto qualquer outra.
3) heterossexual ou homossexual - há crentes que só de saberem que uma pessoa é homossexual nem se aproximam dela. Não devemos ser a favor da sua sexualidade, mas também não vamos tratar mau tais pessoas.
4) crente ou não-crente - há pessoas não-crentes que não suportam crentes (bem que Jesus disse que o mundo nos odeia).
5) crente com outro crente - há irmãos na fé que desprezam outros.
6) etc.

O Senhor nos convoca a julgarmos uma pessoa não baseado nos nossos padrões (aparência, interesse pessoal, etc.), porém baseado nos padrões dEle (João 7:24).



NÃO NOS ESQUECERMOS DE OBEDECER A SEGUNDA PRINCIPAL LEI DE DEUS (Tg. 2:8-13)
Se não obedecermos, PECAMOS (vs.8-11). Se não obedecermos, seremos julgados por isso (vs.12,13 e 2ª Coríntios 5:10).

Existem pessoas que não aceitam nada o que as outras fazem. Pessoas assim não amam a si mesmas. Se não nos amarmos primeiro, jamais conseguiremos amar o nosso próximo. A Palavra do Senhor declara: "AME O TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO" (Lc. 10:27).

Ainda existem outras pessoas que não tem nem um pouco de misericórdia das outras pessoas, se elas erram, tomam medidas radicais contra tais pessoas. Não vamos defender o erro da pessoa, mas também não devemos massacrá-la e acabar com ela.

O padrão do Senhor Jesus para nós é que EQUILIBREMOS JUSTIÇA COM MISERICÓRDIA, não defender o pecado de uma pessoa, e nem puní-la sem misericórdia (Mt. 18:15-18,21-35).

Lembrando-nos sempre destas coisas, não agiremos com acepção, contra as pessoas, sejam elas não-crentes, ou sejam irmãos na fé em Cristo.
Blog Widget by LinkWithin

0 comentários:

 

PR. ANDERSON SERAPHIM - JESUS CRISTO NÃO É UMA OPÇÃO DE VIDA, É A ÚNICA FORMA DE VIDA Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template