terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O PLANO DE DEUS PARA O HOMEM - 27/12/09



"Portanto, sede vós PERFEITOS como PERFEITO é o vosso Pai celeste."
MATEUS 5:48

Esta é uma mensagem que ainda é pregada em todo mundo por muitas igrejas evangélicas, mas também uma mensagem muito rara de se ouvir na mídia, principalmente na televisão. Esta é uma mensagem que, aparentemente, não agrada muito, mas que resolverá o seu destino eterno, enquanto que a maioria das mensagens da televisão só server para te iludir, porém quando você partir desta vida se assustará com aquilo que te espera. Esta mensagem não te iludirá, não te dirá só palavras de prosperidade, contudo te livrará do pior destino que está reservado ao ser humano.

O versículo acima são palavras de Jesus, que disse que todo ser humano deve ser PERFEITO. Você é PERFEITO? Já sentiu vontade de ser? Porque ainda não você não é? Bom, a resposta é porque, como você sabe, ninguém pode ser perfeito neste mundo, no sentido de nunca mais errar, porém aos olhos do Senhor podemos ser PERFEITOS.

Quando o homem foi criado, era um ser perfeito:

"Eis o que tão-somente achei: que Deus fez o homem reto ..."   ECLESIASTES 7:29a

Não havia dor, tristeza, pecado, erros, etc., e ainda por cima ele habitava um lugar perfeito. Todavia, aconteceu um grave problema:

" ... mas ele se meteu em muitas astúcias."   ECLESIASTES 7:29b

Vamos dar uma olhada no que aconteceu, está em GÊNESIS CAPÍTULO 3, o primeiro livro da Bíblia:

Deus havia criado o homem, a mulher, e todos os animais, colocou eles para habitarem um local perfeito. Deu uma ordem ao homem: "eles poderiam comer de todas as árvores do jardim, menos da árvore do conhecimento do bem e do mal". O tempo foi passando, Adão e Eva deram nomes aos animais, cultivavam o jardim de Deus, onde habitavam, até que um dia, Eva passeando, Satanás entra em uma serpente e induz Eva a desobedecer Deus. Ele começa colocando dúvidas à palavra de Deus:

"É assim que Deus disse: não comereis de toda árvore do jardim?"   GÊNESIS 3:1

Eva já sabia que Deus havia proibido alimentar daquela árvore, mas o diabo semeia a dúvida: "será isso mesmo?" Eva reafirma a ordem de Deus:

"Respondeu-lhe a mulher: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais."   GÊNESIS 3:1,2

Então Satanás joga-a contra Deus:

"Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal."   
GÊNESIS 3:4,5

Estava tudo certo, mas por um momento Eva pesa na balança entre obedecer a Deus e realizar o seu desejo, induzido pelo diabo. Ela decida experimentar o fruto e dá também a Adão, seu marido. Ambos comem, e naquele momento seus olhos são abertos para enxergar o que é certo e o que é errado. Eles se escondem da presença de Deus, que pergunta: "Onde você está, Adão?" E Adão responde: "Escondi de Ti porque estava nu!" Como é que ele sabia que estava nu, e também sabia que sua mulher estava nua? Porque agora eles desobedeceram a palavra de Deus e o pecado entrou em seus corações. As consequências desta desobediência afeta muitas coisas:

1) SERPENTE (v.14) - ela é castigada, são tiradas suas pernas, é possível que ela antes as tivesse, e que se movimentasse através delas, mas agora, o castigo que lhe resta é rastejar para sempre sobre o seu ventre.

2) MULHER (v.16) - é castigada através de duas coisas: a) dores de parto - a mulher iria gerar filhos, sem dores, mas agora, depois do pecado, todo filho que gerasse iria lhe trazer muitas dores, duas vezes mais do que o comum, e estas dores foram transmitidas a todos as mulheres;  b) submissão ao marido - a mulher obedecia ao seu marido, mas após o pecado, esta submissão se tornou-se algo pesaroso.

3) HOMEM (vs.16-19) - a terra se tornou maldita, começou a produzir cardos, abrolhos, ervas daninhas, por causa do pecado do homem, o trabalho tornou-se enfadonho, antes existia trabalho (pois ele cuidava dos animais e do jardim de Deus), mas não era cansativo, porém agora, torna-se um fardo, e o sustento para o homem e sua família é obtido através de muito sacrifício e esforço. Hoje, o homem poderia passar mais tempo perto de sua família, mas tem de trabalhar, caso contrário ninguém é alimentado e nem tem suas necessidades supridas. Outro detalhe, os animais agora passaram a ter medo de nós, antes até mesmo o leão aproximava-se do homem, mas agora os animais sofrem. A natureza e os animais anseiam a paz (Romanos 8:19-22) que tinham antes do pecado do homem. Esta paz os animais obterão novamente quando Cristo estabelecer o Seu reino sobre a terra durante mil anos (Isaías capítulos 11, 35 e 65; conferir com Apocalipse 20:1-6).

Agora o homem tem vergonha de sua nudez, e da nudez do outro (Gênesis 3:9,10,21). Fico imaginando estas pessoas que frequentam praia de nudismo, tentam viver como se não houvesse pecado, mas o pecado ainda está em suas mentes e corações, e não podem ignorá-lo. Isto somente prova que o homem anseia o paraíso. Além disso, homem e mulher aprenderam a transferir suas culpas um para o outro, ao invés de assumi-la (Gênesis 3:11-16), mas, quando há culpa, as consequências é para o que errou, não importa o quanto ele projete a culpa sobre outros (Gênesis 3:14:18).

A partir daquele dia o ser humano passou a conhecer o que é certo e o que é errado, e antes que ele fosse tentado a comer também da árvore da vida, Deus expulsa Adão e Eva do Seu jardim paradisíaco e ordena Seus querubins ungidos a guardarem-no com espada de fogo, a fim de que eles nunca mais voltem para lá, pois desobedeceram o seu Criador, que só queria dar bênçãos, vida, paz, etc., para eles. Agora eles conhecem o pecado e vão passá-lo a todos que nascerem através e após eles.

A Bíbia diz exatemente isso em ROMANOS 5:12


"Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram."

Se Deus não tivesse expulsado Adão e Eva do Seu jardim, provavelmente também teriam comido do fruto da árvore da vida, viveriam eternamente com o pecado em seus corpos mortais, e nós também. Já pensou viver tendo dores, tristeza, opressão, raiva, etc., eternamente? Deus é bom!

Além das consequências do pecado mencionadas acima, que são maldições para sua vida terrena, herdou mais 2 maldições, que ocorrerão no fim de sua vida:

1) MORTE FÍSICA - agora vamos envelhecendo, até que um dia este corpo não consigo mais se regenerar, nem as células se reproduzirem, até que tudo para, e nós morremos. Todo ser humano vai passar por isso um dia, e não haverá mais volta, não voltaremos a viver numa outra vida, é o que declara a Palavra do Senhor nosso Deus:

"E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre ..."    HEBREUS 9:27,28a

2) MORTE ESPIRITUAL - nós recebemos uma condenação por causa do pecado: após a morte seremos lançados no inferno. Jesus falou bastante sobre o inferno. Ele disse que lá é um lugar onde há choro e ranger de dentes (Mateus. 13:41,42), um lugar onde o fogo nunca se apaga e o verme nunca morre (Marcos 9:43-49), um lugar onde as pessoas desejam ser refrescadas com água, desejam ser aliviadas do sofrimento, e onde não há mais nenhum contato nem comunicação alguma com aqueles que ficaram vivos sobre a terra (Lucas 16:19-31). Nós merecemos este lugar, todos nós iremos para lá, porque, na pessoa de Adão, todos nós pecamos, herdamos a desobediência de Adão e estamos perdidos (Romanos 3:10-12,23; 6:23a).

Como escaparemos desta condenação? Nós só estamos vivos por causa da misericórdia de Deus, mas um dia receberemos o castigo que merecemos, pois todos iremos morrer. O que fazemos?

MAS GRAÇAS A DEUS QUE, EMBORA NÃO TENDO OBRIGAÇÃO NENHUMA DE NOS SALVAR, ELE PROVIDENCIOU UMA SOLUÇÃO PARA NÓS ...

ELE NÃO DESEJA QUE A GENTE VÁ PARA O INFERNO E NEM QUER NOS MANDAR PARA LÁ, POIS ESTE LUGAR FOI CRIADO PARA O DIABO E OS ANJOS MAUS DELE (MATEUS 25:41). SÓ IRÁ PARA LÁ AQUELE QUE NÃO ACEITAR A PROVIDÊNCIA DE DEUS PARA NOS SALVAR DESTE LUGAR HORRÍVEL.

"porque o salário do pecado é a morte, MAS O DOM GRATUITO DE DEUS É A VIDA ETERNA  EM CRISTO JESUS, NOSSO SENHOR."   ROMANOS 6:23

Deus tomou a decisão de nos amar, pois Ele viu que éramos incapazes de ser absolvido por nós mesmos dessa condenação, deste imenso buraco em que entramos, e decidiu tomar uma providência. O nosso sangue é um sangue imperfeito, onde há a mistura do pecado, por isso era necessário ser aceito, para o perdão dos nossos pecados, o sangue de alguém que não cometeu o nosso crime, o sangue de alguém perfeito. Só uma pessoa se qualificaria para cumprir esta missão: JESUS CRISTO, o ser perfeito. Ele foi enviado para este mundo em que habitamos, nasceu, viveu 33 anos de sua vida, 3 anos ensinando e mostrando o que era o reino de Deus, e após este tempo, entregou-se para ser morto em nosso lugar, para cumprir a missão que o Pai lhe confiou. Ele deixa-se ser levado à morte, pois tinha poder de ser liberto dela (Mateus 26:53), mas Ele não quis, nos amou tanto que decidiu pagar o preço, pagar o resgate pela nossa alma (João 10:15-18,28; 1ª Pedro 1:18,19).

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."    JOÃO 3:16

Deus nos deu Jesus, Ele se entregou em nosso lugar, para morrer a morte que nós merecíamos, pagou a condenação que nós iríamos pagar, para nos conduzir a Deus:

"Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito  ..."    1ª PEDRO 3:18

Ele, o justo, morreu por nós, injustos. Então somente Ele pode ser a nossa salvação:

"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim."    JOÃO 14:6

JESUS é O ÚNICO CAMINHO que existe, A ÚNICA VERDADE e A ÚNICA VIDA. Os artigos definidos O e A estão limitando o número a apenas um. Então, sendo JESUS é o único caminho, não existe outro, não devemos seguir a nenhuma outra pessoa, ou alguém que se denomina mestre; sendo JESUS a única verdade, todo lugar que tem outros ensinamentos contrários ao de Jesus Cristo é mentira;  sendo JESUS a única vida, nada mais neste mundo pode gerar vida em nós.

JESUS CRISTO é a nossa única salvação. Para sermos livres da desobediência, do poder do pecado e de suas consequências, e do inferno, temos que crer que Jesus é a nossa salvação, e não outros deuses. Veja como isso é verdade:

"Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem."            1ª TIMÓTEO 2:5

Pastor não pode ser mediador entre Deus e os homens, padre não pode ser, nem bispo, nem igreja, seja ela qual for, nem pessoa alguma pode ser, só JESUS CRISTO é aquele que nos liga a Deus. Nenhum destes pode nos salvar, nos livrar da condenação, só JESUS CRISTO pode, é o único.

Talvez você me diga: "EU SOU UMA PESSOA BOA, DEUS VAI DEIXAR EU ENTRAR NO CÉU!" Mas lembre-se: tudo o que podemos fazer de bom não pode nos salvar, este é o nosso padrão, o padrão de Deus é o que nos salva e não o nosso. Veja:

"Porque pela graça sois salvos, mediante a FÉ; e isto não vem de vós; é dom de Deus; NÃO DE OBRAS, para que ninguém se glorie."   EFÉSIOS 2:8,9

Nossa salvação vem não por aquilo que possamos fazer, mas por aquilo que Cristo fez por nós: deu sua vida, morreu para perdoar nossos pecados e nos dar a vida eterna.

Cristo, com sua morte, ofereceu-nos a salvação GRATUITAMENTE, ou seja, não temos que pagar nada por ela. Tão simples assim? SIM, TÃO SIMPLES ASSIM!!! Se eu te desse um presente agora, você não precisaria me pagar, se fizesse isso me ofenderia. Se eu estou te dando, como você pode me pagar. Assim também, a morte de Cristo em nosso lugar foi um presente para nós, temos que apenas aceitar, não pagar nada:

"Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo JUSTIFICADOS (PERDOADOS)  GRATUITAMENTE (DE GRAÇA, SEM PAGAR NADA), por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos ..."    ROMANOS 3:23-25

Porém a morte dele não nos garante a salvação automaticamente. É necessário fazer uma coisa: ADMITIR E CRER QUE TUDO ISSO É VERDADE, ARREPENDER DE TODOS OS PECADOS PASSADOS E ENTREGAR A VIDA A JESUS CRISTO PARA ELE FAZER DELA O QUE QUISER. É compromisso, sua vida não será mais de você mesmo(a), mas pertencerá a Jesus. Veja o que a Palavra do Senhor nos diz a respeito disso:

"Porém que se diz? A palavra está perto de ti, na tua BOCA e no teu CORAÇÃO; isto é, a palavra da FÉ que pregamos. Se, com a TUA BOCA, CONFESSARES JESUS COMO SENHOR E, em TEU CORAÇÃO, CRERES que Deus o ressuscitou dentre os mortos, SERÁS SALVO. Porque com o CORAÇÃO se CRÊ para justiça e com a BOCA se CONFESSA a respeito da salvação. Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele CRÊ não será confundido. Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque: Todo aquele que INVOCAR o nome do Senhor será salvo."    ROMANOS 10:8-13

Admita toda esta verdade agora em seu coração, para ser perdoado de todos os teus pecados, para ser liberto de todo vício, ou idolatria, de opressões malignas, para ser livre da condenação do inferno, para habitar no céu com Cristo. Além de tudo isso, se estiver sofrendo de algum mal que carrega há anos, seja físico ou espiritual, podes ser livre agora, pois a morte de Jesus também serviu para nos libertar destes males. Veja:

"Chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados; e ele meramente com a palavra expeliu os espíritos e curou todos os que estavam doentes; para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta Isaías: Ele mesmo tomou as nossas enfermidades e carregou com as nossas doenças."    MATEUS 8:16,17

Seja salvo, livre, liberto agora.
 
Faça esta oração:

"SENHOR JESUS, EU ADMITO AGORA E CONFESSO QUE SOU UM(A) PECADOR(A), FUI DESOBEDIENTE CONTRA TI, MEREÇO O INFERNO E O TEU CASTIGO. MAS NÃO É ESTA A TUA VONTADE, O SENHOR DESEJA ME SALVAR, TANTO QUE ME O SENHOR ME AMA MUITO E ENVIOU TEU FILHO JESUS CRISTO PARA FAZER ISSO. PERDOE TODOS OS MEUS PECADOS, SALVE A MINHA ALMA DO INFERNO, FAÇA DESTE DIA DE HOJE O DIA DA MINHA SALVAÇÃO, LIBERTE-ME DE TODOS OS MEUS TEMORES E DE TODAS AS MINHAS ENFERMIDADES. JESUS, EU TE RECEBO EM MINHA VIDA AGORA COMO O MEU SENHOR E COMO O MEU SALVADOR, TOMA MINHA VIDA E FAÇA DELA O QUE O SENHOR QUISER, ELA NÃO É MAIS MINHA, É TUA. OBRIGADO POR TUDO O FIZESTES POR MIM. TUDO ORO AO PAI AGORA E ME RENDO A TI, EM NOME DE JESUS CRISTO. AMÉM!"

A partir de agora, a sua vida nunca mais será a mesma, pois JESUS vai dominá-la totalmente, confie nEle, que vai dirigir toda a sua vida de agora em diante. Não volte mais atrás, prossiga.

Procure, a partir de agora, frequentar uma igreja evangélica mais perto de você, que leva sério a pregação da Palavra e a vida com Deus, para desenvolver a sua fé, pois também é a vontade de Deus que a gente cresça em nossa fé:

"Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno."    2ª PEDRO 3:18

DEIXE-ME SABER QUE VOCÊ RECEBEU JESUS COMO TEU SALVADOR, E O QUE EU PUDER ORIENTAR E TE AJUDAR ESTOU À SUA DISPOSIÇÃO. ENVIE-ME UM E-MAIL PARA:

pr.anderson.seraphim@hotmail.com


Esta foi a melhor decisão que você fez em toda a sua vida. A partir de agora você será uma nova pessoa, um novo ser (leia 2ª CORÍNTIOS 5:17).

DEUS TE ABENÇOE!
LEIA MAIS...

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

PACIÊNCIA


PACIÊNCIA...


Arnaldo Jabor



Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados... Muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.



Por muito pouco a "madame" que parece uma 'lady' solta palavrões e berros que lembram as antigas 'trabalhadoras do cais'...

E o bem comportado executivo? O 'cavalheiro' se transforma numa 'besta selvagem' no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar...



Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma 'mala sem alça'. Aquela velha amiga uma 'alça sem mala', o emprego uma tortura, a escola uma chatice.



O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela.



Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela Internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado...



Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais.

Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus.



A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta.



Pergunte para alguém, que você saiba que é 'ansioso demais' onde ele quer chegar?

Qual é a finalidade de sua vida?

Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.



E você?

Onde você quer chegar?

Está correndo tanto para quê?

Por quem?

Seu coração vai agüentar?

Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?

A empresa que você trabalha vai acabar?

As pessoas que você AMA vão parar?

Será que você conseguiu ler até aqui?



Respire... Acalme-se...

O mundo está apenas na sua primeira Volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do Sol, com ou sem a sua paciência...



NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...



SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...
LEIA MAIS...

VOCÊ SABE COMO DEUS CALCULA NOSSO TEMPO NA TERRA?



Você sabe qual é o método que Deus usa para calcular o nosso tempo na terra? Atualmente tenho 35 anos (mas no computador de Deus talvez eu não tenha nem 10 anos). Por que?

No capitulo 6 do livro de I Reis diz que se passaram 480 anos desde que o povo de Israel saiu do Egito até o inicio da construção do Templo por Salomão.

Mas quando lemos o capítulo 13 do livro de Atos e somamos os números citados ali descobrimos que o tempo foi de 573 anos e não 480. Existe claramente uma contradição de 93 anos. Quem está certo: o escritor de 1 Reis ou o de Atos? Uma das regras da investigação é que DUAS AFIRMAÇÕES CONTRADITÓRIAS NÃO PODEM SER VERDADE AO MESMO TEMPO, A NÃO SER QUE APAREÇA UMA TERCEIRA UNINDO (OU HARMONIZANDO) AS DUAS.

Se a Bíblia é a Palavra de Deus e nela não pode haver contradição, como explicar essa diferença de 93 anos entre as duas contagens? Se somente uma está correta, então isso mostra uma falha na Bíblia; se as duas afirmações estão corretas, então a coisa se complica.

Afinal, quantos anos se passaram da saída de Israel do Egito ao inicio da construção do Templo? 480 ou 573 anos?

No capítulo 13 de Atos o apóstolo Paulo conta um pouco da história de Israel e informa que o povo de Deus, desde que saiu do Egito, passou 40 anos no deserto, mais 450 anos sob o governo dos juízes, e mais 40 anos sob o reinado de Saul. Depois Israel foi governado por Davi (também durante 40 anos). No capítulo 6 do 1.º livro dos Reis diz que, no quarto ano do seu reinado, Salomão começou a edificar o Templo de Deus. Ou seja, Salomão reinou três anos antes da construção do Templo.

- 40 anos no deserto +
- 450 anos sob os juizes +
- 40 anos do reinado de Saul +
- 40 anos do reinado de Davi +
- 3 anos do reinado de Salomão (antes da construção do Templo)

TOTAL: 573 anos.

Mas em 1 Reis 6 diz que foram 480 anos! Por que essa diferença de 93 anos?

Atos 13 nos leva ao número 573 e I Reis 6 nos leva ao número 480. É uma grande falha dos escritores da Bíblia? Não, de forma nenhuma. Então temos de buscar as respostas. A diferença é de 93 anos. Onde estarão?

Dos números citados em Atos 13 os mais suspeitos (maiores que 93) são os 450 anos do tempo dos juizes. E é justamente no livro dos Juízes que encontraremos a resposta do nosso enigma.

Nesse livro, um dos mais tristes da Bíblia, o povo de Israel rebela-se contra Deus várias vezes. Sempre que eles se voltavam para os ídolos, O Senhor os entregava nas mãos de nações pagãs. Então eles se arrependiam, clamavam a Deus e Deus enviava um libertador. Passado algum tempo, tornavam a pecar, eram novamente levados para o cativeiro, se arrependiam, clamavam e Deus enviava um libertador. Esse ciclo se repete muitas vezes. É aqui que começamos a entender os princípios de Deus.

Israel passou 8 anos escravizado por Cusã, rei da Mesopotâmia (Juizes 3.8); 18 anos nas mãos de Eglom, rei dos moabitas (Juizes 3.14); 20 anos nas mãos de Jabim, rei de Canaã (Juizes 4.3); 7 anos nas mãos dos midianitas (Juizes 6.1); e 40 anos nas mãos dos filisteus (Juizes 13.1).

- 8 anos nas mãos de Cusã, rei da Mesopotâmia (Juizes 3.8) +
- 18 anos nas mãos de Eglom, rei dos moabitas (Juizes 3.14) +
- 20 anos nas mãos de Jabim, rei de Canaã (Juizes 4.3) +
- 7 anos nas mãos dos midianitas (Juizes 6.1) +
- E 40 anos nas mãos dos filisteus (Juizes 13.1) =

* 93 anos!

Na história de Israel Deus subtraiu 93 anos! Atos 13 mostra os anos na perspectiva de Israel. 1 Rs 6 mostra a perspectiva de Deus. Israel pensava que tinha 573 anos, mas é como se Deus dissesse: “NADA DISSO! VOCÊS COMETERAM ABOMINAÇÕES E POR ISSO DESCONTEI 93 ANOS DA HISTÓRIA DE VOCÊS.”

Meus amigos, Israel ficou 93 anos nas mãos dos seus inimigos por causa de sua rebelião e idolatria. Deus considerou esses anos como negativos e retirou-os da história de Israel. A lição que podemos aprender dessa “matemática divina” é que Deus só conta os dias que vivemos para Ele. Os outros são como se não existissem (SERÁ???).

Quantos anos você pensa que tem no computador de Deus? Quantos anos você tem vivido para Deus? Quantos anos você tem vivido apenas para você e para suas vaidades?
LEIA MAIS...

COMO O MUNDANISMO ENTRA EM NOSSAS VIDAS - Tiago capítulo 4 - 24/12/09



Por inúmeras vezes pensamos que crentes mundanos são somente aqueles que estão frequentando baladas, praticando fornicações, mentindo, roubando, etc., porém a Palavra de Deus estende este assunto mostrando-nos que também é possível sermos mundanos mesmo sendo fiéis à igreja.

Mas como é isso? O assunto principal do capítulo 4 de Tiago é para nos alertar quanto às coisas do mundo que entram nas nossas vidas. As maneiras delas entrarem são:


ATRAVÉS DAS MOTIVAÇÕES ERRADAS (4:1-5)

Se vivermos em "pé-de-guerra" uns com os outros, isso mostra que estamos agindo na carne, agindo sem o domínio do Espírito Santo em nossas vidas (v.1).

A cobiça e a inveja em nossos corações levam-nos a guerrear contra nossos irmãos em Cristo, e a nos afastar da comunhão com Deus. Isso é refletido nas nossas orações. Neste trecho da Bíblia, vemos que Deus não responde as nossas orações por causa das seguintes motivações, que são erradas:
 
   1) Cobiça e inveja (v.2) - como Deus vai responder a oração que estamos fazendo se esta deseja o mal dos nossos irmãos em Cristo?

   2) Não temos porque não pedimos (v.2) - Cristo disse que Deus já sabe o que vamos pedir antes mesmo de o fazê-lo, porém incentivou-nos a pedir. A verdade é que algumas vezes não recebemos de Deus aquilo que queremos, porque não estamos pedindo, achamos que Deus tem a obrigação de nos dar, e não é assim.

   3) Pedimos, mas não recebemos porque iremos usar a bênção de maneira egoísta e negligente (v.3).

Não podemos agir desta forma. Agir assim, é agir contra Deus e contra nossos irmãos em Cristo. Isto é chamado de MUNDANISMO (v.4).

A vontade de Deus para nós é que sejamos totalmente amigos dEle, Ele não quer que sejamos amigos do mundo, Ele tem ciúme de nós (v.5).

O mundanismo entra também em nossas vidas ...


ATRAVÉS DOS NOSSOS JULGAMENTOS (4:11,12)

JULGAR, no grego original das Escrituras, é "emitir opinião entre certo e errado". Quando damos uma opinião para nosso irmão em Cristo, ou quando estamos mostrando a ele o erro que está cometendo, não estamos julgando-o. O julgar que a Bíblia fala é quando agimos como um JUIZ, no lugar de Deus, condenando as pessoas, dizendo que elas são inúteis ou que Deus jamais irá agir nelas ou abençoá-las. Devemos lembrar que estamos seguindo a mesma lei que nossos irmãos em Cristo, e quem tem o direito de condenar é somente o nosso Senhor Jesus Cristo.

O mundanismo entra em nossas vidas ...


ATRAVÉS DA NOSSA INDEPENDÊNCIA DE DEUS (4:13,14)

PROVÉRBIOS 16:1 ensina-nos que podemos fazer planos. O que não podemos fazer é criar nossos próprios projetos e nunca submetê-los à orientação de Deus. Muitas vezes planejamos tudo o que vamos fazer, depois achamos que Deus deve aprová-los. É como se estivéssemos dizendo: "DEUS, AQUI ESTÃO MEUS PLANOS, DÁ O TEU AVAL PORQUE SÃO ESTES PLANOS QUE EU QUERO."  Bom, pelo menos quando der errado não poderemos culpar Deus, porque os planos foram nossos, não dEle.

Agir com independência de Deus é ter uma atitude mundana, é ter pretensões arrogantes e fazer a vontade do diabo (v.16). Vamos planejar sim, mas submeter todos os nossos planos à vontade do Senhor, para que Ele decida o que é melhor para nós. Devemos planejar porque Deus muitas vezes usa os nossos corações para dizer quais são os Seus planos (Fl. 2:13), mas não podemos confiar no coração, por ser ele enganoso. Por isso, a nossa confiança ao executar nossos planos deve estar totalmente em nosso Senhor, Ele confirmará o que colocou em nossos corações, e eliminará o que veio de nós mesmos.


Então, para não viver o mundanismo, também precisamos CORRIGIR NOSSAS MOTIVAÇÕES, NÃO CONDENAR NOSSOS IRMÃOS e DEPENDER MAIS DO SENHOR. Isso só será possível, só será corrigido em nossas vidas se obedecermos as seguintes ordens de Deus:

     1) Sujeitar-nos a Deus (v.7).
     2) Resistir ao diabo e suas ofertas e propostas (v.7).
     3) Chegar a Deus, buscar a Ele, não esperar somente Ele vir até nós (v.8).
     4) Purificar as mãos, cada dia nos arrependermos de nossos pecados, em oração (v.8).
     5) Limpar o coração, sendo constantes na obra do Senhor (v.8).
     6) Afligir-nos, lamentar-nos, chorar, o riso deve ser transformado em pranto e a alegria em tristeza (v.9) - isso quer dizer que devemos ter o hábito de nos arrependermos, orar, jejuar, dominar nossos corpos e corações.
     7) Humilhar-nos na presença de Deus (v.10) - não adiante ser arrogante, o Senhor conhece os nossos corações, não há para onde fugir da Sua presença (Sl. 139).
LEIA MAIS...

A VERDADEIRA PAZ - 26/12/09



"Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize."    JOÃO 14:27

Cristo nos deixou a verdadeira paz: é a paz que vem dEle. A paz que o mundo nos oferece não é real, nem boa e muito menos verdadeira. Ela é ilusória.

Como é a paz que o mundo dá? Pode-se experimentar diversos prazeres que o mundo oferece: drogas, bebidas alcoólicas, vícios, fornicação, adultério, baladas, "ficar", mas tais prazeres não acabam com o vazio que está dentro do coração do ser humano. Estas coisas apenas disfarçam ou preenchem este vazio, porém por muito pouco tempo. Pessoas que experimentam estes tipos de prazeres necessitam deles toda semana, caso contrário não conseguem ser felizes.

Todavia, a paz que Cristo dá preenche de tal maneira nossos corações e todo nosso ser que todas estas coisas do mundo não nos fazem falta. Por isso que o crente verdadeiro, preenchido com a paz de Cristo, vive feliz, apesar dos problemas, das dificuldades, das adversidades, etc.

A Bíblia nos oferece algumas responsabilidades que temos de cumprir para que esta PAZ reine em nossos corações diariamente:


"Justificados, pois, mediante a fé, temos PAZ com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo."
ROMANOS 5:1

O primeiro passo a ser tomado é alcançar esta paz pela primeira vez em nossas vidas. Fazemos isso quando reconhecemos e confessamos que a única maneira de se ter paz é através de JESUS CRISTO. Antes de termos paz conosco mesmo, precisamos ter paz com Deus. A Palavra de Deus nos ensina que todos nós nascemos em pecado (Sl. 51:5; Rm. 3:23; 6:23), e que por causa disso seremos condenados a viver, depois da morte, eternamente afastados da presença de Deus. Mas CRISTO veio ao mundo, morreu numa cruz, entregou sua vida por nós gratuitamente, para que não fôssemos condenados. Temos que admitir que Ele é a nossa única salvação, não nós, não nossos ídolos, não nossas obras, mas somente a obra que Ele fez por nós. Admitindo isso com o coração e com a boca, somos libertos e temos salvação, e paz interior (Rm. 3:23,24;  10:9,10,13).


"Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos; e o teu coração guarde os meus mandamentos; porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e PAZ ... Feliz é o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire o conhecimento; porque melhor é o lucro que ela dá do que o da prata, e melhor a sua renda do que o ouro mais fino. Mais preciosa é do que pérolas, e tudo o que podes desejar não é comparável a ela. O alongar-se da vida está na sua mão direita, na sua esquerda, riquezas e honra. Os seus caminhos são deliciosos, e todas as suas veredas, PAZ."
PROVÉRBIOS 3:1,2,13-17

Depois de recebermos a Cristo e sua salvação em nossos corações, mantemos sua PAZ em nós quando guardamos os seus mandamentos e os praticamos. É necessário que leiamos sempre a Bíblia, para conhecer a vontade do Senhor para nós, e não somente ler, mas praticar aquilo que lemos. Guarda a Palavra de Deus em nossos corações nos leva a evitar o pecado (Sl. 119:11). Os versículos 13 a 17 também nos ensinam a ter PAZ: é necessário buscar a SABEDORIA DE DEUS, e fazer o possível para achá-la, e não difícil de achar, pois ela está nas palavras do nosso Deus.


"Tu, Senhor, conservarás em perfeita PAZ aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti."
ISAÍAS 26:3

Para que a paz de Cristo seja contínua em nossa vida é necessário também termos PROPÓSITOS FIRMES, estabelecer objetivos e metas fixos na vida, e também confiar no Senhor. Se meus objetivos são vacilantes, mudam, como poderei ter paz?


"Se possível, quando depender de vós, tende PAZ com todos os homens."
ROMANOS 12:18

Muitas vezes nos falta paz porque ficamos arrumando um jeito de criar problemas com as pessoas, implicando, desprezando, humilhando, etc., e isso tira a paz dos nossos corações. Muitas vezes observo crentes que oram, levantam as mãos, jejuam, mas vivem criando problemas com as pessoas, problemas esses que nem existem! A Palavra do Senhor é clara, NO QUE DEPENDER DE NÓS, devemos ter PAZ com TODOS OS HOMENS. Tendo paz com todos, teremos paz conosco mesmo.


"Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e PAZ, e alegria no Espírito Santo. Aquele que deste modo serve a Cristo é agradável a Deus e aprovado pelos homens. Assim, pois, seguimos as coisas da PAZ e também as da edificação de uns para com os outros."
ROMANOS 14:17-19

Estes versículos nos lembram do tópico anterior. Uma das coisas que faz parte do reino de Deus é a PAZ, que vem através do Espírito Santo em nós. Alguns crentes pensam que é possível viver um CRISTIANISMO somente diante de Deus, dizendo que não precisam ser aprovados pelos homens. Mas a Bíblia mesmo nos ensina que servir aos homens é também servir a Deus (v.14; veja também Lc. 10:27; 1ª Jo. 2:7-11; 3:14-18). Somente assim podemos também ter PAZ.


"Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a PAZ de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus."
FILIPENSES 4:6,7

Todas as vezes que tivermos PREOCUPAÇÕES, devemos lançá-las sobre o Senhor, através da oração, e descansar nEle. Todas as vezes que fizermos isso, a PAZ de Cristo estará guardando e reinando em nossos corações.


"Seja a PAZ de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos."
COLOSSENSES 3:15

A paz de Cristo reina em nossos corações quando também a deixamos dirigir toda a nossa vida, nossas decisões, nossas escolhas, nossas carreiras, cursos, casamentos, escolha de namorados, etc.


"Aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a PAZ e empenhe-se por alcançá-la."
1ª PEDRO 3:11

A paz de Cristo reina em nós quando, além de nos afastarmos do mal, a buscamos e fazemos todo o possível para alcançá-la, para mantê-la diante de nós. Já ouvi crentes que nunca fazem o mínimo esforço para evitar problemas, brigas, discussões, pelo contrário, parecem gostar destas coisas. Isso não é esforçar-se pela paz, isso é o contrário: não entregar-se à PAZ. Como um crente assim terá PAZ?


Então, irmãos, sigamos estes conselhos maravilhosos da Palavra do nosso Deus para que tenhamos PAZ sempre em nós, para que ter paz não seja uma novidade, um anseio, para nós, mas que seja algo comum, natural, praticar a PAZ.
LEIA MAIS...

INSATISFEITOS



Nós estamos insatisfeitos. Insatisfeitos com os nossos púlpitos de onde emanam cada vez mais mensagens sem relevância para o cotidiano do homem comum . Mensagens que dependem das ciências sociais , que se baseiam em filosofias e psicologias modernas e que soam mais como discursos de auto- ajuda do que a palavra de Deus . Mensagens que respondem a perguntas que o auditório não fez e que citam personagens desconhecidos da maioria. Mensagens desprovidas de conteúdo bíblico como se o prazo de validade da escritura estivesse vencido.


Estamos insatisfeitos. Insatisfeitos com o rumo de nossas igrejas. Igrejas que valorizam o marketing mais que o poder de Deus. Que vivem para resultados numéricos independentes de conversões reais e de discipulado que leve a verdadeiro crescimento. Igrejas que vivem apenas para a glória de certos líderes e que se tornaram clubes onde os interesses de alguns se sobrepõe ao desejo da maioria e a busca do Senhor ficou para um plano secundário.


Estamos insatisfeitos. Insatisfeitos com o tipo de Louvor que tem surgido no nosso meio. Louvor profissional, feito por profissionais, pagos como profissionais. Louvor que manipula as emoções, que aceita qualquer sugestão do mundo e que se contenta com as palmas da multidão. Louvor que deixa a idéia que adoração é algo apenas momentâneo, local e profissional e despreza a importância de uma vida que louve a Deus em espirito e em verdade.


Estamos insatisfeitos. Insatisfeitos com nossa Teologia. Teologia que não aprendeu a pensar sozinha. Que até hoje depende de pensadores de outros hemisférios e de outras épocas. Teologia que á falta de algo contextualizado recorre a pacotes de crescimento de igreja importados que prometem resultados miraculosos, mas exige do povo o que na maioria dos casos não pode dar .


Estamos insatisfeitos. Insatisfeitos com nossas publicações. Um enorme número de editoras e publicadoras voltadas para as leis de mercado. Publicações que misturam o trigo e o joio enganando o povo de Deus. Publicações que dependem de autores estrangeiros e despreza o pensador nacional. Publicações que enfatizam o sobrenatural, o incrível e o milagroso a fim de vender, mas que mostram pouco conteúdo sólido para o crescimento do povo de Deus.


Estamos insatisfeitos. Insatisfeitos com o estado da familia cristã. Família onde os divórcios são quase tantos quanto na população geral e onde os líderes casam e descasam sem dificuldade. Famílias onde as crianças são seres estragados por presentes demais, sem disciplina e sem temor de Deus. Famílias onde os jovens vivem exatamente como os jovens do mundo e no domingo fingem ser cristãos. Famílias onde o amor é tão vago quanto neblina matinal.


Mas nossa insatisfação não é apenas um brado de revolta intolerante. Queremos fazer dela uma força motriz positiva. Queremos usar toda a energia que ela desperta de maneira a produzir respostas a suas inquietações. E nossa primeira busca será por aqueles que sentem como nós uma insatisfação santa diante da derrocada da igreja. Cremos que como nos dias de Elias nem todos se curvaram a Baal. Procuramos por esses para juntos lutarmos pela purificação de nossos caminhos como cristãos e como igreja. Desejamos unir forças, pensamentos, orações e ações na busca de soluções para a hora em que vivemos.


Queremos ver nossos púlpitos pregando a palavra de forma expositiva e clara. Respondendo ás questões que o brasileiro tem. Falando de maneira equilibrada sobre como viver com Deus, como conhecer sua vontade, como manter um casamento saudável, como criar filhos para o Senhor, como estabilizar as finanças domésticas, como enfrentar a violência urbana, como lidar com uma doença terminal, como ser benção para as familias da terra. Queremos mensagens relevantes que sejam mais que injeção de ânimo para uma semana de trabalho. Mensagens que no seu término nos deixem e impressão clara de que “ouvimos a voz de Deus”.


Queremos ver igrejas unidas em oração e jejum. Arrependidas por suas falhas, dispostas a pedir e a delegar perdão. Igrejas que dependem da orientação do Espirito Santo e não de regras publicitárias. Igrejas onde a comunhão é prioridade e o apoio mútuo acontece a cada dia, onde as conversões são genuínas e o discipulado é contínuo. Igrejas onde os líderes são servos, os templos são a casa de serviço e oração e os membros se sentem parte integrante do corpo.


Queremos um louvor voluntário e espiritual. Não artistas impressionando mas adoradores rendendo graças. Louvor que emane da experiência com Deus e flua em gratidão. Louvor que não constrange nem manipula mas conduz suavemente á presença do altíssimo. Louvor que sai do templo e da hora do culto e continua nas casas ao longo da semana.


Queremos uma Teologia nossa. Contextualizada e prática. Queremos pensadores brasileiros nos mostrando o que a palavra tem para a nossa realidade brasileira. Queremos ver homens de Deus da nossa terra, cujas vidas e ministérios atestam de sua vida espiritual com o Senhor escrevendo e pregando de tal modo que nos vejamos em suas palavras e entendamos seus raciocinios. Queremos Teologia Brasileira.


Queremos Publicações que se atenham à palavra de Deus. Que nos transmitam a verdade da Bíblia independentemente de ser ou não um “sucesso” de mercado. Queremos livros que nos sirvam de advertência, admoestação, estímulo e regozijo naquilo que nosso Deus é e faz seja nas páginas das escrituras seja nas vidas de seus servos. Queremos publicações que dêem lugar aos escritores de nossa terra cujas vidas e obras estão dentro de nosso universo. Queremos alimento sólido e não sensacionalismo.


Queremos familias cristãs ajustadas e felizes. Famílias onde os casamentos refletem o amor de Jesus, onde os casais vivem um amor pleno, romântico, físico e espiritual, os filhos conhecem as regras da disciplina e respeito e os jovens conhecem a Deus de primeira mão e não de ouvir falar. Famílias que são luz nas trevas de nossa sociedade e que atraem aqueles que não conhecem a vida com Deus.


Acreditamos que nosso discurso não é utópico por mais irrealista que pareça. Acreditamos que nossa insatisfação vem do Senhor. Cremos estar em boa companhia pois muitos foram os insatisfeitos nas páginas da Bíblia e na História da Igreja. Desejamos conhecer e encontrar aqueles que sentem como nós . Queremos agir usando idéias e soluções práticas para que nossos sonhos caminhem em direção à realidade. E que o Senhor da Obra nos abençoe


 

FONTE:  Pr. Dr. Joed Venturini
LEIA MAIS...

JÁ NÃO SE FAZEM MAIS PASTORES COMO ANTIGAMENTE



"Pastorear é ter sede pela convivência; é cultivar relacionamentos; é interessar-se por saber como está cada ovelha".

Depois de 30 anos de ministério trabalhando em igrejas locais e numa grande denominação brasileira, mais 32 anos no exercício do magistério teológico, tenho refletido sobre o que dizem membros e líderes de muitas igrejas a respeito da atuação pastoral. E fico cada vez mais perplexo com o que presencio. Hoje, muitas ovelhas procuram ficar distantes de seu pastor por acreditarem que, ao se aproximarem do ministro, vão ouvir algum sermão ou receber uma tarefa. Aí, concluem que pastor só serve para dar bronca ou se aproveitar de mão de obra útil e barata disponível nas igrejas – e ainda pagam a conta no fim do mês, dando o seu dízimo.

Outras ovelhas demonstram estar cansadas de ver o narcisismo de seu pastor que, sempre cheio de si, faz elogiosas menções ao seu próprio nome sem qualquer vermelhidão na face. Mas há ainda casos em que o pastor, em vez de pastorear, cuidar do rebanho, acaba como que um verdadeiro gerente da congregação. Ele agenda eventos, determina prioridades e supervisiona todas as atividades do rebanho, como um verdadeiro executivo dos púlpitos. O controle é tão grande, e muitas vezes exercido com mão de ferro, que o que chamam “obra de Deus” passa a ser mais importante que o próprio Deus. Para estes, o cristianismo deixou de ser vida, para ser apenas trabalho maçante.

É possível também observar que muitos acabam agindo como despachantes do Senhor. Há pastores e líderes que acreditam piamente que apenas a sua oração é que tem acesso livre e desimpedido a Deus. Assim, tendem a transformar suas ovelhas em servos do ministério, em vez de levá-las a depender de Deus. E o que dizer dos pastores “showmen”, que tranformam o culto em espetáculo? Para estes, minúcias como a data de aniversário ou o problema familiar de um determinado fiel passam em brancas nuvens. Só se lembram da ovelha quando a vêem no culto.

Todavia, ser pastor é muito, muito mais do que isso. Pastorear é ter sede pela convivência; é cultivar relacionamentos; é interessar-se por saber como está cada ovelha – quais são seus dilemas, suas ansiedades, suas angústias e até mesmo suas falhas, para poder ajudá-la no aperfeiçoamento de vida. Ser pastor é acordar de madrugada para orar pelos membros da congregação, por suas famílias. Ser pastor é depender de Deus para conseguir levar a sobrecarga do ministério, é partilhar suas atividades com um grupo de discipuladores.

É, já não se fazem pastores como antigamente...

Autor: Lourenço Stelio Rega, é teologo, educador e escritor.

Fonte: http://www.crentesdebereia.com/2008/06/j-no-se-fazem-pastores-como-antigamente.html
LEIA MAIS...

O deus GOSPEL É O SEU DEUS?


O deus-gospel é o deus do momento
Muita atração e excessivo divertimento
Pouca comunhão e muita azaração
Esse deus é demais, tem sabor de mel, de tudo restitui
isso é que seduz

Essa é a nossa geração! geração-unção, geração-chuva, geração-sonhos
geração-show, geração-reteté, aquela que não fica de pé...Tem que cair mesmo...Ops!
Vamos gritar,dançar, vamos tirar o pé do chão e cantar esse louvorzão.

Queremos é tatuar, sair por aí e marchar, marchar com todos os atos, que barato!
Afinal somos uma só nação, um só show-fé, um só shofar, um só paganismo de amor.

Esse é o nosso deus-gospel!

"Infeliz é o povo, cujo gospel é o senhor"

AUTOR: Mário Celso 
 
 
 
Comentário: Eita! Que infeliz realidade a nossa nação vive, né?! Onde está a vida de obediência a Palavra? Onde está o sofrer como Jesus? Onde está o cristianismo que se propaga em meio à perseguições? Onde estão os Filhos de Deus?
LEIA MAIS...

sábado, 26 de dezembro de 2009

O FIM DO MUNDO EM 2012: BRINCADEIRA DE MAU GOSTO


Existem várias teorias e profecias sobre o fim do mundo, mas a mais recente tem um detalhe que faz com que uma grande empresa de mídia tente ganhar dinheiro em cima disso. A história começa com Mike Brown, astrônomo da empresa Caltech, que encontrou mais planetas fora do nosso sistema solar que qualquer outra pessoa. Ele recebe vários e-mails de pessoas preocupadas, perguntando se o mundo vai acabar em 2012. As preocupações das pessoas começam com informações falsas que afirmam que um planeta (que não existe, de acordo com Brown) chamado Nibiru, ou planeta X, entrará no sistema solar, atingirá e destruirá a Terra. Há muito tempo, Brown achava que essas pessoas são apenas ignorantes ingênuos.

Bem, seu ponto de vista mudou um pouco. Um pai, preocupado com a segurança de sua família, mandou uma mensagem de voz para o astrônomo. “Esse homem era cético quanto às afirmações sobre 2012, (…) mas alguma coisa fez com que ele ficasse preocupado o bastante para procurar um astrônomo que ele não conhecia para saber se tudo ficaria bem”, disse Brown em seu blog.

Depois disso, Brown encontrou um e-mail na sua caixa de spam, que afirmava ter sido enviado pelo diretor do Instituto de Continuidade Humana (ICH). O e-mail afirma que o Instituto confirmou evidências que indicam que o “desastre de 2012 é real e inevitável”, diz. “Acreditamos com 94% de certeza que eventos cataclísmicos irão devastar nosso planeta e muitos dos que o habitam. O dia 21 de dezembro de 2012 não pode ser ignorado”, continua o e-mail. O link para o site do ICH realmente leva a um site bem formulado, e quem não reconhece os atores na página acredita que o ICH é real.

A verdade é que o site foi criado pela Sony Pictures. Brown afirma que, ao contrário de muitos sites mal feitos que existem pela web, este realmente parece ser verdadeiro. “É profissional. Não tem sinais óbvios de que foi uma criação de brincadeira”. E brincadeiras às vezes vão longe demais. Em janeiro, algumas pessoas soltaram balões de ar no céu de New Jersey, nos Estados Unidos. Um juiz considerou-os culpados de potencial risco de incêndio e de risco ao tráfego aéreo e multou as pessoas em 250 dólares. Nenhum dos riscos chegou a acontecer, mas o mal que isso poderia ter causado foi suficiente para o juiz.

Brown afirma que isso pode ir longe demais: assustar as pessoas que podem nunca ficar sabendo da verdade, que poderia tranquilizá-las. “Como podemos chamar um e-mail que me assusta e me convence a entrar em um site que então tenta me assustar mais ainda e não admite ser uma simples propaganda de um filme?”, afirma Brown, que diz que o e-mail é simplesmente de mau gosto.

Uma empresa do tamanho da Sony (lembre-se, recorrendo a spam) poderia simplesmente colocar um link para um trailer do filme, ao invés de mostrar um site falso. Eu irei fazer a minha parte para não estimular que nenhum produtor de filmes faça algo assim novamente e não assistirei o filme.


FONTE:  http://criacionista.blogspot.com/2009/06/o-fim-do-mundo-em-2012-brincadeira-de.html


MAIS ARTIGOS SOBRE O FIM DO MUNDO EM:
http://www.ofimdomundo.com.br/
http://michelsoncategorias.blogspot.com/
LEIA MAIS...

O MUNDO VAI ACABAR EM 2012?


 A revista Mundo Estranho deste mês traz como título de capa "As profecias do fim do mundo". A reportagem mostra algumas profecias que tratam do assunto, entre as quais a que está se tornando famosa pelo fato de supostamente anunciar o fim para o ano 2012: a profecia do calendário maia. Mas a coisa não é bem assim. Na verdade, quem acaba em 2012 é o próprio calendário maia. O resto - colisão de meteoros e planetas com a Terra, previsões de "paranormais" sobre o fim do mundo naquele ano, etc. - é pura especulação. A "profecia maia" já tomou grande proporção na internet pelo mundo afora com milhões de pessoas acreditando que o mundo vai acabar em 2012. Bom seria, mas comumente o que ocorre é que, depois que o fim não vem, muita gente desanima e perde a fé.

"O calendário de conta longa é apenas um entre os vários que os maias usavam. Assim como os nossos meses, anos e séculos, ele se estrutura em unidades de tempo cada vez maiores. Cada 20 dias formam um 'mês', ou uinal. Cada 18 uinals, 1 tun, ou 'ano', cada 20 tuns faziam um katun e assim sucessivamente. Enquanto o nosso sistema de contagem de séculos não leva a um fim, o calendário de conta longa maia dura cerca de 5.200 anos e se encerra na data 13.0.0.0.0, que para muitos estudiosos (não há um consenso a respeito) corresponde ao nosso 21/12/2012. Isso não significa que eles esperassem pelo fim do mundo naquele dia. 'Os povos ameríndios não tinham apenas uma concepção linear de tempo, que permitisse pensar num fim absoluto', diz Eduardo Natalino dos Santos, professor de história da América Pré-hispânica da USP. 'Em nenhum lugar se diz que o ciclo que estamos vivendo seria o último.' A maioria dos estudiosos acredita que, após chegar à data final, o calendário se reiniciaria. Assim como, para nós, o 31 de dezembro é sucedido pelo 1 de janeiro, para eles o dia 22/12/2012 corresponderia ao dia 0.0.0.0.1", explica a revista Galileu.

Muitas profecias "furaram" no passado. Uma "lenda evangélica" dizia: "Mil passará, dois mil não passará." E passou... Centúrias de Nostradamos igualmente falharam (mas são tão vagas que acabam sendo reinterpretadas. De minha parte, prefiro ficar com a Bíblia que nunca errou um prognóstico em suas profecias precisas e detalhadas. Ela diz: "Mas a respeito daquele dia e hora, ninguém sabe" (Mt 24:36); "Ficai também vós apercebidos, porque, à hora em que não cuidais, o Filho do homem virá" (Lc 12:40); "Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela Sua exclusiva autoridade" (At 1:7)


FONTE:  http://criacionista.blogspot.com/2009/01/o-mundo-vai-acabar-em-2012.html
LEIA MAIS...

O FIM DO MUNDO EM 2012



Ontem à tarde eu retornava de Florianópolis para Palhoça com minha esposa. Resolvi seguir por um caminho alternativo e evitar, assim, a congestionada BR 101. De repente, me deparei com um posto de gasolina que oferecia ducha grátis e resolvi abastecer e lavar o carro ali. Quando fui pagar, aproveitei para deixar um folheto com o dono do estabelecimento. Quando ele leu a inscrição na capa – “Jesus voltará” –, fez uma pausa e depois me disse:

– Será que Ele vai voltar mesmo? O mundo está tão cheio de injustiças…

Respondi que é justamente por isso que Jesus vai voltar. O ser humano teve milênios de oportunidade e liberdade, e o que ficou claro é que sozinho não consegue resolver seus problemas.

Conversamos por mais alguns instantes e acabei deixando também um livro com aquele senhor, com o convite para que ele comparasse tudo com a Bíblia e buscasse nela as respostas para os dilemas da vida e a promessa feita por Aquele que não pode mentir: Jesus Cristo.

Ok, mas o que isso tem que ver com o filme 2012? Calma… Antes, quero voltar um pouco no tempo.

Quando eu era católico, em minha adolescência e juventude, alinhava-me e defendia com vigor a teologia da libertação. Sempre ouvia e lia na igreja a frase batida: “Temos que ajudar a implantar o reino de Deus na Terra.” Isso significava que devíamos lutar por justiça social e apoiar a igreja em sua “opção preferencial pelos pobres”. Nada de volta de Jesus. Nada de Nova Terra. A esperança estava em nossas mãos. Vi muitos de meus companheiros de caminhada abandonarem a fé, frustrados por não verem a utopia tornar-se realidade. Outros, sentindo-se vazios espiritualmente, abraçaram o movimento carismático, então visto por nós como algo alienante, uma religião meramente verticalista, sem engajamento nas causas sociais (se pudéssemos, naquela época, dar uma espiada no futuro, ficaríamos espantados com o advento dos padres cantores com discurso adocicado, imitando os trejeitos pentecostais).

O mundo era injusto e tínhamos que fazer alguma coisa – era nossa bandeira, e a desfraldávamos com sinceridade, cantando “somos gente nova vivendo a união, somos povo, semente da nova nação”. Mas o tempo passou. As injustiças só aumentaram. A distribuição de renda polarizou ainda mais a sociedade. Catástrofes, doenças, imoralidade e morte ajudam a compor esse triste quadro. E a utopia do reino? E nossa luta? Os guerreiros ficaram cansados. O discurso foi alterado. Perdeu-se o rumo.

E o filme 2012?

Trata-se de mais uma daquelas superproduções hollywoodianas feitas para arrecadar muito dinheiro nas bilheterias e locadoras. O pano de fundo é a “profecia” maia (já analisada aqui e aqui), segundo a qual uma catástrofe global porá fim à história humana.

Por algum motivo, os neutrinos irradiados pelo Sol começam a interagir com o interior da Terra (na verdade, neutrinos atravessam nosso planeta a todo momento, mas são inertes), superaquecendo o manto e causando atividade sísmica sem precedentes. Terremotos começam a ocorrer em todos os lugares, causando muita destruição. Como os cientistas já sabiam que isso iria acontecer, as nações mais ricas do planeta, lideradas (como sempre) pelos Estados Unidos, desenvolveram um plano de salvação: construir algumas “arcas” (grandes e poderosas embarcações) para nelas salvar animais, obras de arte e parte da humanidade – a parte mais inteligente e rica, evidentemente.

Embora o nome de Deus seja mencionado em vários momentos e até mesmo o presidente dos Estados Unidos seja visto orando na capela da Casa Branca, o que fica mesmo claro no filme é o abandono da humanidade por parte de “Deus”. As cenas que reforçam essa ideia não são nem mesmo sutis: (1) a destruição do Cristo Redentor por um tsunami gigantesco, (2) o desmoronamento da cúpula da Basílica de São Pedro, no Vaticano, que cai sobre fieis que rezam com velas nas mãos (inclusive uma rachadura no teto da Capela Sistina separa as mãos de Deus e do homem na famosa pintura de Michelangelo), e (3) a morte de monges budistas atingidos no alto das montanhas por uma megainundação. Traduzindo: não adianta orar; “Deus” não vai ouvir; a salvação não virá dEle.

No posto de gasolina, nos meus tempos de católico e nesse novo filme arrasa quarteirão, pude notar a mesma propaganda do adversário de Deus: o Criador abandonou a humanidade e se não fizermos alguma coisa, estaremos fadados à extinção. Nada mais terrivelmente errado!

Deus não nos abandonou! O próprio cumprimento detalhado das profecias bíblicas deixa isso bem claro. Nosso Senhor anunciou tudo antes para que não ficássemos perplexos e perdêssemos a fé. Ele disse que não nos deixaria órfãos (João 14:18). Disse também que “sem Mim nada podeis fazer” (João 15:5), quanto mais salvar o mundo – e a nós mesmo do pecado.

A salvação virá não dos esforços humanos, por mais que certos filmes e visões teológicas distorcidas tentem afirmar o contrário. Não virá tampouco dos extraterrestres. A salvação virá dAquele que já pagou nosso resgate com a própria vida, há dois mil anos, e virá para buscar aqueles que livremente aceitarem o oferecimento da vida eterna. Aí, sim, será o fim das injustiças, da dor e da morte!

Michelson Borges

FONTE: http://www.ofimdomundo.com.br/?p=220
LEIA MAIS...

AS DUAS SABEDORIAS - Tiago 3:13-18



SÁBIO segundo a Bíblia é aquele que pratica a piedade, ou seja, que busca viver uma vida íntegra, reta diante de Deus, fazendo o que agrada a Ele.

Muitos de nós julgam-se sábios, entretanto a Bíblia nos ensina que a sabedoria de Deus em nossas vidas deve ser demonstrada não somente através das nossas palavras, mas muito mais através das nossas ações. Assim como a fé, a sabedoria também sem as obras é morta.

O sinal que uma pessoa tem a sabedoria divina em sua vida é quando ela demonstra possuir um espírito humilde.

Existe uma sabedoria que não procede de Deus, enquanto que a outra sim. Vejamos o que a Palavra do Senhor nos ensina sobre ambas sabedorias:


A SABEDORIA QUE NÃO PROCEDE DE DEUS
Tiago 3:14-16

Conhecimento não é sabedoria. Conhecimento é "ter idéia, noção, informação das coisas existentes", enquanto que SABEDORIA é como lidamos com o conhecimento adquirido, é o conhecimento colocado em prática, da forma certa. Partindo deste ponto, já eliminamos o conceito de que um crente cheio de informações é um crente sábio, pois o crente que é sábio demonstra o mesmo conhecimento, porém somado com a prudência, a sobriedade, a simplicidade, e outras atitudes.

A sabedoria que não procede de Deus é:

1) INVEJA AMARGURADA (v.14) - significa "rivalidade invejosa, zelo punitivo amargo". Quando vejo crentes e pastores que estão servindo a Deus com um sentimento de competição e rivalidade, não posso enxergar sabedoria nestas pessoas, pois aparentam uma coisa, mas suas ações demonstram algo totalmente fora do ensinamento bíblico.

2) SENTIMENTO FACCIOSO (v.14) - significa "partidarismo". Como um crente que toma partido em favor do erro pode achar que é sábio? Isso não é possível diante de Deus. Isso é pecado! Não há nada de sábio defender ou seguir o erro ou apoiar a atitude errada de alguém, seja ela quem for.

Um crente que tem em seu coração inveja amargurada e sentimento faccioso é uma pessoa SOBERBA e MENTIROSA, é o que está escrito no versículo 14, e aonde há estas coisas, ali há também todo tipo de coisas ruins.

Tal "sabedoria" é:

TERRENA = deste mundo.
ANIMAL = vem da natureza.
DEMONÍACA = influenciada por espíritos malignos.

Em contraste a esta "sabedoria", encontramos a VERDADEIRA SABEDORIA ...



A SABEDORIA QUE PROCEDE DE DEUS
Tiago 3:17-18

A sabedoria que vem do Senhor para as nossas vidas é:

PURA - certa, segura.

PACÍFICA - é uma paz verdadeira (lembra que Jesus nos ensinou que a paz que Ele dá não é como a que o mundo dá?).

INDULGENTE - respeita os sentimentos dos outros.

TRATÁVEL -
disposto a ouvir e a obedecer outros, disposto a ceder.

CHEIA DE MISERICÓRDIA - sempre disposto a perdoar outros, a exercer misericórdia pelos outros, lembrando-se sempre que de quem é.

IMPARCIAL - não toma partido para o mal, para o erro.

SEM FINGIMENTO - é verdadeira.


Um crente que pensa ser SÁBIO deve analisar se tem estas características em seu coração, só assim ele pode ser convencido de que realmente, aos olhos do Senhor e dos irmãos em Cristo, é SÁBIO, e mesmo após se convencer disso, não deve usar para sua própria glória, mas como instrumento de Deus em sua vida e nas vidas de outros.

Sejamos sábios, como o Senhor quer.
LEIA MAIS...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

TESOURO EM VASOS DE BARRO - 2ª Coríntios 4:7-10


 O contexto está falando sobre a GLÓRIA DE DEUS, que era a luz brilhante que rodeava a Sua presença. Esta mesma glória:

1) Guiou o povo de Israel para fora do Egito, e depois como uma coluna de nuvem (durante o dia) e como uma coluna de fogo (durante a noite) - Êxodo 13:21,22.

2) Mais tarde encheu o tabernáculo erguido por Moisés (Êx. 33:8-13; 40:34-38).

3) Encheu o templo de Salomão (1ª Reis 8:10,11).

4) Afastou-se nos dias de Ezequiel por causa dos pecados do povo de Israel (Ez. 10:4,18,19; 11:23).

5) Voltou quando Jesus tornou-se carne e habitou entre nós (Jo. 1:14).

Esta glória, que emana da presença de Deus, manifestou-se na face de Moisés, quando ele descia do monte, após ter comunhão com o Senhor, mas ele precisava colocar um véu em sua face (1ª Co. 3:13), pois a glória do Senhor ia desvanecendo do seu rosto, e o véu amenizava este desvanecimento perante o povo israelita. Porém, esta glória está na face de Cristo e, diferente de Moisés, jamais se desvanecerá (1ª Co. 4:6). Esta mesma glória de Deus habita em nós, através da presença do Espírito Santo em nosso interior (1ª Co. 4:6,7).

Uma glória santa, habitando vasos de barro. Por isso dizemos que este TESOURO ESTÁ EM VASOS DE BARRO. Esta mesma glória, que até derrubava pessoas no chão, como foi o caso de Paulo, dentre outros, é a mesma glória que tem poder para nos fortalecer durante as circunstâncias que enfrentamos na vida. O Senhor, através de Sua presença, Sua glória, produz em nós a capacidade para lutarmos até o fim:

Somos:


1) ATRIBULADOS (2ª Co. 4:8) - o sentido original desta palavra quer dizer "prensados como uvas", "espremidos". É como as pessoas que antigamente faziam o vinho da uva através de métodos antigos. Ele colocavam uvas no lagar, e descalços pisavam-nas até que não houvessse mais nenhum caldo. As circunstâncias adversas vêm para fazer o mesmo conosco. Mas, oh glória, é quando somos prensados que, como uvas, produzimos o melhor suco, sem álcool algum, para curar os corações e vidas doentes.
Em tudo somos atribulados, porém não ANGUSTIADOS, que quer dizer, "nosso espírito não diminui", às vezes diminui o nosso ânimo, a nossa alegria, mas o Espírito Santo alimenta o nosso espírito para que, pelo Senhor, tenhamos forças para suportar e vencer as adversidades. Oh, maravilha!!!


2) PERPLEXOS (2ª Co. 4:8) - a palavra quer dizer "estar sem recursos, estar em dificuldades, ser deixado em necessidade, estar em dúvida". Quantas vezes nos encontramos em algumas dessas situações em nossas vidas, muitas, não é mesmo? Passamos momentos sem recursos para consertar o carro, sem recursos para cuidar da nossa saúde, para ter uma melhor alimentação, períodos de grandes dúvidas e questionamentos, sem obtermos qualquer resposta, e temos que continuar seguindo a frente ...
Mas não somos DESANIMADOS, que quer dizer, "não perder toda a esperança". Ainda há esperança, ela sempre permanece em nós, Jesus a deu para nós (1ª Co. 13:13), e nada vai fazer-nos perder a esperança de que o Senhor nos atenderá e fará muito mais do que pedirmos ou pensarmos (Ef. 3:20), pois Seu poder opera em nós.


3) PERSEGUIDOS (2ª Co. 4:9) - ou seja, "maltratados, incomodados". Ah, quantas vezes, muitas delas infelizmente por pessoas que se denominam cristãos, creio ser essa a pior perseguição que possamos enfrentar, porque o ímpio, coitado, está cego para a luz de Cristo, mas aquele que O conhece, causa muita tristeza em nossos corações. Independentemente de onde venha a perseguição, jamais seremos ...
DESAMPARADOS - "não ser abandonado", "não desistir de sobreviver". "Feliz aquele que é perseguido por causa do Senhor Jesus!". Além disso, "se Deus é por nós, quem será contra nós?" Temos tantas promessas a respeito, não é mesmo irmãos? "Estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos!" "Ele diz: jamais te abandonarei, jamais te desampararei" "Ainda que uma mãe se esqueça de seu filho, eu todavia jamais me esquecerei de ti!" Promessas para crentes fiéis que se esforçam para fazer a vontade do Senhor, pois "aquele que faz a vontade do Senhor permanecerá para sempre!"


4) ABATIDOS (2ª Co. 4:9) - "lançados em terra, prostrados". Muitas vezes ficamos assim mesmo, sem forças até para fazer uma oração ao nosso Deus. Mas jamais seremos ...
DESTRUÍDOS - quer dizer "arruinados, não sair inteiramente do Caminho". Abatidos, sim, mas você percebe que ainda está de pé? Percebe que ainda continua no caminho de Cristo? Mesmo com todas estas tuas dificuldades, percebe isso? Oh, irmãos, Cristo está conosco, Ele nos mantém em Seu caminho.


Creio que o resumo destes versículos seriam:

"PODEMOS PERDER AS BATALHAS, MAS JAMAIS PERDEREMOS A GUERRA".

Pois é o Senhor dos Exércitos quem peleja por nós!!!

Lembre-se de uma coisa, todas as adversidades tiram as nossas forças, mas é exatamente durante este período que mais podemos ser usados pelo Senhor, pois Ele não pode abençoar onde há orgulho, arrogância, e sim onde há humildade, dependência dEle (2ª Coríntios 12:9,10).

Fiquemos firmes irmãos!!! Tomemos posse da nossa vitória!!!
LEIA MAIS...

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

"A GRAÇA DA GARÇA"

ASSISTA A ESTE VÍDEO E VEJA O QUE ESTÁ FALTANDO NA IGREJA EVANGÉLICA DOS DIAS ATUAIS.

http://www.youtube.com/watch?v=44IHoDb4HcA
LEIA MAIS...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

LÍNGUA - UM MAL A SER DOMINADO



O ser humano tenta dominar muitas áreas do mundo: política, violência, prostituição, drogas, etc., e tem conseguido até um certo limite. Porém, ainda não conseguiu dominar e nem vencer um grande mal: a língua. É o mal uso da língua que destrói tudo aquilo que o homem conquista.

É nossa responsabilidade dominar diariamente este mal, durante toda a nossa vida. Vejamos duas principais responsabilidades:

O PODER DE CONTROLAR A LÍNGUA

1) No ministério da educação cristã (vs.1-3).
Poucas pessoas (em relação a um todo) devem se tornar “mestres” (professores, educadores) na igreja, porque os mestres exercem uma influência muito forte sobre seus alunos, um relacionamento que faz os estudantes vulneráveis a erros sérios. O mestre tem de prestar contas por tudo o que ele ensina, e este julgamento deve constrangê-lo a não usar palavras erradas. De fato, ensinar não é para todos, mas somente para aquele que é chamado para tal (Rm. 12:7; Ef. 4:11). Se não tenho o dom de ensino, não devo exercer a função de mestre.

2) Como disciplina da vida cristã (v.2).
Todos nós erramos em muitas coisas, mas os erros mais difíceis de evitarmos são aqueles que envolvem a língua. Se dominarmos a língua, dominamos todo o corpo.
Vemos em Tiago 2 exemplos para ilustrar esta verdade:
a) freio na boca dos cavalos (v.3).
b) o navio, que é dirigido por um pequeno leme. Assim, através da língua, tão pequena, realizamos os maiores estragos (v.4).

 
O PODER DE DESTRUIÇÃO DA LÍNGUA

1) Na nossa própria vida (vs.5,6).
Assim como um pequeno fogo incendeia toda uma floresta, assim a nossa língua, que é um órgão físico tão pequeno, que, aparentemente é incapaz de fazer mal, pode destruir toda uma vida. É através da nossa língua que podemos contaminar todo o nosso corpo (v.6).
A língua pode até nos levar para o inferno (v.6). A nossa salvação depende de confessarmos com a nossa língua, de fato, muitas pessoas já morreram sem Cristo não porque não entenderam a mensagem do Evangelho, mas porque não o confessaram (Rm. 10:13). Na época de Jesus, muitos fariseus e autoridades não foram salvos porque tinham medo de confessar Jesus publicamente.

2) Nas vidas de outros.
Através de blasfêmias, mexerico, malícia, mentira, juramentos falsos, calúnias, difamações, etc. A língua tem o poder de arruinar, manchar e corromper todo o caráter moral de uma pessoa.
Ontem recebi um e-mail onde contava sobre o Pr. Marco Feliciano falando mal de Caio Fábio na mídia. Ele disse o seguinte: “Caio Fábio é ‘um ser triste e abandonado, vivendo num exílio de infelicidade’”, isso depois de ter ido à sua casa conversar com ele, exaltá-lo. Em resposta, Caio Fábio chamou Marco Feliciano de menino e de sonso. Qual o objetivo destes ataques em público? Isto é mais um exemplo de pessoas tentando destruir umas às outras através de suas línguas.

3) Na coerência da vida (vs.7-12).
O ser humano consegue dominar todo tipo de animais, mas não consegue dominar a própria língua, usada no domínio deles (vs.7,8). A nossa língua destrói o poder de coerência em nós. A falta de domínio da língua torna-nos incoerentes.
Com a língua bendizemos a Deus e amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus (vs.9-12). Não deve ser assim (Ef. 4:25,26,29,31).
Com a língua, amaldiçoamos os homens:
a) a nós mesmos (Pv. 23:7a – o princípio: “... como imagina em sua alma, assim ele é ...”). Não profetize palavras negativas. Crie o hábito de profetizar a Palavra de Deus em sua vida.
b) a outros – também profetizando palavras negativas. Devemos profetizar palavras de paz, esperança, motivação. Profetize a Palavra de Deus nas vidas dos irmãos também.
c) deixar de, periodicamente, elogiar as pessoas – não elogiar é uma forma de maldição, porque o ser humano, principalmente durante a sua formação, precisa de palavras de afirmação (Rm. 13:7 – o princípio - "... honra, a quem merece honra."), e também nas outras fases da vida.

Pois é, irmãos, dominar a língua é um desafio, não é mesmo? Mas certamente, uma língua totalmente dominada pelo Espírito Santo é uma rica fonte de bênçãos, para nós e também para outras pessoas. Deixemos as nossas palavras serem moldadas pelo Senhor. Deus te abençoe.
LEIA MAIS...
 

PR. ANDERSON SERAPHIM - JESUS CRISTO NÃO É UMA OPÇÃO DE VIDA, É A ÚNICA FORMA DE VIDA Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template